Lamentavelmente, assim vai o nosso país.

Os dados hoje revelados pelo INE revelam o crescimento anémico da economia portuguesa.

O produto interno bruto (PIB) cresceu 0,9% em termos homólogos, quando a meta do Governo para este ano é 1,8%.

O consumo privado cresceu 1,7%, abaixo da meta do Governo que é 2,4%.

O investimento cai 3,1%, quando o Governo contava com um crescimento de 4,9%.

As exportações crescem 1,5%, abaixo da meta de 4,3% do Governo.

Lamentavelmente, assim vai o nosso país.

>> Assunção Cristas

Anúncios

CDS quer Governo no parlamento a 8 de Setembro para explicar recapitalização da CGD

“O Governo já acordou com Bruxelas, mas ainda não disse em Portugal o que é que acordou. Deve ser o ministro das Finanças a vir ao parlamento explicar o que é vai acontecer na Caixa Geral de Depósitos”.

“Não faz sentido, numa altura em que se estão a pedir tantos sacrifícios aos portugueses e aos funcionários da CGD que se aumente o vencimento dos novos administradores do banco público. É muito importante corrigir essa total falta de senso do Governo, esse contraste que o Governo está a propor para a CGD”.

“O CDS sempre foi contrário a qualquer privatização da CGD”.

>> Pedro Mota Soares

Juventude Popular – Escola de Quadros 2016

14047365_1749157185339044_1533144523311710820_o

Já está disponível o programa da Escola de Quadros 2016.

De 1 a 4 de Setembro, em Peniche.

 

“São necessárias mais explicações sobre o que vai acontecer à Caixa”.

13925810_1149872425070855_1293745102727827120_o

“A grande preocupação do CDS é a realidade portuguesa, em que se regista um crescimento económico anémico”.

“O processo da Caixa Geral de Depósitos continua por resolver”.

“As notícias do BCE foram vergonhosas para o nosso país. Foi preciso alguém vir dizer que não estamos a cumprir a lei que nós próprios fizemos”.

“São necessárias mais explicações sobre o que vai acontecer à Caixa”.

Assunção Cristas

CGD: CDS quer que Governo encare oportunidade para redução da administração

“O Governo devia aproveitar esta oportunidade para, primeiro, reduzir o número de administradores da Caixa, e, segundo, não aumentar os vencimentos dos administradores”.

“É penoso que tenha de ser o BCE a impor o bom senso que o Governo de Portugal manifestamente não teve. Aumentar o número de administradores da Caixa Geral de Depósitos, aumentar o salário dos administradores da Caixa Geral de Depósitos quando se está ainda a pedir tantos sacrifícios aos portugueses e se vai pedir sacrifícios aos trabalhadores da Caixa é um total contras senso”.

> Pedro Mota Soares

O CDS-PP defendeu hoje que o chumbo do BCE a oito dos 19 nomes propostos para o Conselho de Administração da Caixa Geral de Depósitos é uma oportunidade para o Governo reduzir os administradores e não aumentar vencimentos – SICNotícias

Acesso do Fisco a contas bancárias

 

 

ASSIM VAI O NOSSO PAÍS

13886406_1149872425070855_1293745102727827120_n

Para quem ainda tinha dúvidas, os dados hoje revelados pelo INE são terrivelmente reveladores:
A economia, anémica, está a desacelerar e o investimento está em queda livre!
Quando o governo socialista fala em crescimento…
Só se estiver a olhar para os dados de pernas para o ar.

Sem investimento, não há crescimento. Sem crescimento, não há emprego!

>> Assunção Cristas