PS está capturado pela agenda da esquerda radical na educação


“O que vemos hoje é que o PS se está a deixar levar pela agenda da esquerda radical. Vale a pena perguntar quem é que manda no Ministério da Educação, se é Mário Nogueira, se o PCP, o BE, ou o PS, que sempre teve uma visão mais moderada e conciliadora nesta matéria e sempre reconheceu o serviço público de educação prestado por escolas não estatais”

“Estamos a falar de cerca de 17 mil alunos e 1125 professores que podem ser atingidos por despedimento coletivo e de muitas famílias que não sabem se para o ano vão poder continuar com os filhos na mesma escola”

Assunção Crista

 

 

%d bloggers like this: