CARTA AOS PORTUGUESES


banner-carta-portugueses

Diante da missão que assumimos nos últimos anos, e também do caminho que acabámos por trilhar, ao lado dos portugueses, levando-nos aos resultados que Portugal está a conseguir, vimos partilhar com todos uma mensagem de agradecimento e esperança. Portugal está a viver um momento de reflexão que resultará numa atitude e numa decisão de pessoas que vão avaliar o presente, pensar o futuro e que não deixarão de relembrar o passado. Todos sabemos o quão difícil foi atravessar este período, uma consequência dos erros do Governo que nos antecedeu e que não honrou a confiança dos portugueses. Ao invés, deixou-nos uma herança pesada, e uma conta elevada a ser paga por todos.

frase1

Chegámos até aqui e vamos fazer muito mais.

frase2

Hoje, estamos a entrar num novo tempo. Graças a muito trabalho e ao esforço de todos, vamos poder seguir em frente, ao encontro de mais crescimento económico e mais criação de emprego, centrando-nos em políticas para melhorar o acesso à saúde e a qualidade na educação, para ampliar o combate

às desigualdades sociais e criar condições de garantir melhorias na demografia em Portugal. Depois da recuperação, a construção. O nosso presente dá força à esperança. Olhamos para o futuro com mais confiança.

            Não queremos voltar ao passado nem abrir mão da credibilidade que o país tem hoje. Uma  mudança positiva já está a acontecer. É evidente que há muito a realizar. Quatro anos foi o tempo exigido para se fazer o necessário e possível, face à situação de pré-bancarrota em que nos deixaram. É por isso que, com humildade, mas convictos dos resultados obtidos e do que estamos a propôr, nos apresentamos aos portugueses para a oportunidade de consolidar este novo ciclo que se iniciou. As condições necessárias foram erguidas. Com responsabilidade, prudência, porém com determinação e dedicação. Para isso queremos trabalhar mais.

frase3

 A consolidação da retoma económica, hoje em curso, é um processo gradual, progressivo e seguro. Em junho passado, lançámos a nossa Carta de Garantias, porque estamos a propôr compromissos alicerçados em garantias viáveis. O Programa Eleitoral que apresentámos aos portugueses assegura cada ação com uma certeza: Agora Portugal pode mais.

frase4

 E que todos nós temos com a nossa Nação. Nada está concluído, ainda, por isso a caminhada deve seguir. Para nos levar, sempre juntos, como estivemos nestes anos, até ao futuro que todos nós queremos.

Portugal convoca-nos.

 Lisboa, 7 de agosto de 2015

              Pedro Passos Coelho                                                                     Paulo Portas

imagem colada 148x60

                                                                                             imagem colada 125x61

                                                                                                                                                      

%d bloggers like this: