João Almeida – CDS-PP sem “problema” em propor “contrato de confiança”


O vice-presidente do CDS-PP João Almeida afirmou hoje que o partido não tem “qualquer problema” em propor um “contrato de confiança” aos portugueses, sobretudo em comparação com o PS, apesar de sair “desgastado” destes “anos muito difíceis”

naom_51e9a9099e487

“Não temos qualquer problema com esse contrato de confiança, muito menos” quando “comparado com aquilo que foi o compromisso eleitoral de outros partidos no passado”, afirmou.

E, ainda mais, sublinhou, “quando esses partidos, no caso específico o PS, se apresenta agora com menos ideias do que na altura e com menos protagonistas, não se podendo daí esperar que do ponto de vista da confiança venha algo de novo” dos socialistas.

O CDS-PP, admitiu João Almeida aos jornalistas à margem do Conselho Nacional do partido, em Elvas, “sai, essencialmente, desgastado naquilo que teve a ver com a gestão do país em anos muito difíceis, embora não tenha tido responsabilidade na criação das condições para esses anos difíceis”.

O que “não impede” que o CDS-PP comece a fazer um balanço da governação, “com todo o orgulho e de cabeça levantada”.

Para João Almeida, esse mesmo balanço “permitirá, provavelmente, a muitos portugueses” uma reflexão diferente sobre “matérias que foram passando ao longo dos últimos três anos”.

“E, agora, com o afastamento natural em relação às condições em que vivemos”, poderá ser possível “fazer um balanço diferente, principalmente por comparação com aquilo que foi a governação” socialista de José Sócrates e “com ausência de propostas e alternativas para futuro por parte do PS”, disse.

Questionado pelos jornalistas sobre se o contrato de confiança que o partido quer preparar é uma “espécie de desafio” ao Conselho Nacional do PSD, agendado para segunda-feira, João Almeida foi taxativo: “De maneira nenhuma”

“O CDS mais preparado e mais forte, numa lógica de articulação com o nosso parceiro de coligação, será sempre um CDS que contribuirá de forma mais positiva para o trabalho que esta coligação fará até ao final da legislatura e para uma eventual discussão futura sobre uma possível coligação”, afirmou.

Na reunião do Conselho Nacional do CDS-PP, a decorrer desde a manhã de hoje, foi apresentado um plano de comunicação, coordenado pelo próprio João Almeida, que vai permitir ao CDS-PP “ter muito maior visibilidade do que acontece hoje” e “espaço para que afirme as suas ideias”.

Questionado sobre se esta nova estratégia significa que a comunicação do partido tem falhado, João Almeida negou, sublinhando que, “quando se tem qualidade, a ideia é alargar do ponto de vista das plataformas e inovar”.

http://www.noticiasaominuto.com

%d bloggers like this: