NENHUMA FAMÍLIA SERÁ PREJUDICADA E JUSTIFICA CRÉDITO FISCAL


1901344_10204013749618361_5248297960841586606_n[1]

Paulo Portas – O vice-primeiro-ministro: “Em 2013, com crédito fiscal teria sido devolvida uma boa parte da sobretaxa, em 2014, com crédito fiscal teria sido devolvida toda a sobretaxa. Qual é a razão para não confiar que em 2015 não seja possível devolver total ou parcialmente através do crédito fiscal e da receita adicional por mais actividade económica e por mais contribuições, por via do emprego”, questionou-se Paulo Portas.
O vice-primeiro-ministro quis, desta forma, combater os “prognósticos sombrios” dos “cépticos” relativamente aos resultados práticos da medida introduzida no Orçamento do Estado para 2015 segundo a qual uma eventual devolução da sobretaxa em 2016 fica dependente de aumento das receitas fiscais em 2015, nomeadamente do combate à evasão fiscal no próximo ano. – CDSNotícias/Lusa/SIC Notícias.

pode ver em:

 http://vimeo.com/110003606

%d bloggers like this: