Economia/Política

11:27

“Crescimento do turismo assenta no aumento dos preços”

António Freitas de Sousa

11:27

card_adolfo_mesquita

Secretário de Estado do Turismo realça que os proveitos crescem acima das dormidas. Segundo o INE, Agosto foi um mês de recordes: registou 2,2 milhões de hóspedes.

Os proveitos totais do sector do turismo aumentaram em Agosto passado 13,8% em termos homólogos, ao mesmo tempo que as dormidas aumentaram 11,3%, segundo dados de hoje do Instituto nacional de Estatística (INE). Em declarações ao Económico, o secretário de Estado do Turismo, Adolfo Mesquita Nunes, referiu o ‘gap’ entre os dois valores como “o indicador mais importante para o sector, uma vez que demonstra que os turistas gastam mais, ou seja, os preços estão a subir”.

Para aquele responsável, este indicador é importante para se perceber a sustentabilidade do sector, que está a ser reforçada, ao mesmo tempo que comprova que os investimentos têm sido bem canalizados. Por outras palavras: a aposta nos mercados com maior potencial de crescimento – Brasil Estados Unidos e Europa – está ganha. “Estamos a bater recordes sobre recordes”, afirmou. E os investimentos são para continuar, com o mesmo foco: “claro que observamos mercados emergentes como a China, mas vamos continuar a apostar naqueles que se têm revelado de grande potencial para gerar turismo em Portugal”, disse Adolfo Mesquita Nunes

Os estabelecimentos hoteleiros portugueses registaram 7,1 milhões de dormidas (para 2,2 milhões de hóspedes) em Agosto passado, valor que corresponde a um acréscimo homólogo de 11,3% e de 9,4% em relação ao anterior mês de Julho, revelam dados do Instituto nacional de Estatística (INE). As dormidas de residentes aumentaram 16,1%, superando o acréscimo de Julho (15,4%), tal como as de não residentes (mais 8,6% em Agosto face a mais 6,9% em Julho).

Segundo o INE, “dos principais mercados emissores destacaram-se as evoluções positivas do Brasil, Bélgica e Espanha; em sentido oposto assinala-se a redução no mercado holandês, com menos 0,7%”.
A taxa de ocupação por cama atingiu os 72,4%, um valor superior à de Agosto do ano anterior (67,8%).

“Destacaram-se os acréscimos nas dormidas em pousadas (mais 17%) e nos hotéis (14,6%), tendo estes abrangido 60,9% do total de dormidas. Os aldeamentos e os apartamentos turísticos registaram aumentos de 11,3% e 8,2%, respectivamente, e os hotéis-apartamentos de 5 estrelas foram a única categoria com redução no número de dormidas (menos 7,7%)”, informa ainda o INE.

As dormidas em Agosto aumentaram expressivamente em todas as regiões, tal como no mês anterior, destacando-se o Alentejo (16,6%), Lisboa (15,2%) e Centro (14,3%).

 

http://economico.sapo.pt/noticias/crescimento-do-turismo

 
%d bloggers like this: