Estratégia Nacional do Mar quer duplicar o peso da economia azul no PIB até 2020


cristas_mar«Na Estratégia Nacional do Mar, temos um objetivo muito claro e quantificado até 2020, que é duplicar o peso da economia azul no Produto Interno Bruto (PIB) português», afirmou a Ministra da Agricultura e do Mar, Assunção Cristas, acrescentando: «Para isto, precisamos do contributo de todas as regiões do País, em particular daqui, da Madeira».

Estas declarações foram feitas no seminário «Fatores de Competitividade do Mar», organizado pela Associação Comercial e Industrial do Funchal, na Madeira.

Assim, «Portugal deve virar-se cada vez mais para o mar, até porque a vocação marítima está no sangue de todos, e precisa de se lhe dar uma dimensão mais económica», afirmou a Ministra.

E referiu: «Há muitas oportunidades na área do mar, seja na parte do turismo náutico, seja na parte dos desportos, seja na valorização do pescado e da aquacultura, sendo – pois – necessário juntar esforços, trazer o conhecimento e a investigação, arregaçar as mangas e mergulhar a fundo no mar para trazer riqueza para todos».

Assunção Cristas afirmou ainda que, para este propósito, existe um envelope financeiro no valor total de 400 milhões de euros, ao abrigo do Fundo Europeu dos Assuntos do Mar e das Pescas, a que se juntará uma parceria cujo valor não está, para já, quantificado.

Quanto ao alargamento da extensão da plataforma continental, a Ministra sublinhou que esta «está a seguir os seus trâmites, aguardando somente a constituição do subcomité que vai analisar a proposta portuguesa, o que deverá acontecer em 2015». «Há um processo político em marcha que dará resultados no médio prazo».

Questionada pelos jornalistas sobre a eventual devolução de fundos comunitários respeitantes ao período 2006-2010, Assunção Cristas referiu: «Neste momento, não se perspetiva nenhuma devolução de fundos comunitários, nem no domínio da agricultura, nem no domínio do mar. Estamos a trabalhar para devolver nada a Bruxelas».

Fonte: Portal do Governo

%d bloggers like this: