Governo – Indicadores turísticos apontam para ano positivo para o setor


O setor turístico português está a entrar numa fase positiva com crescimento em todos os indicadores importantes, disse hoje o secretário de Estado do Turismo, Adolfo Mesquita Nunes, num encontro com membros da Câmara de Comércio Luso-Britânica.

naom_52eff6746125b

“Estamos com crescimento no número de turistas estrangeiros, em dormidas, no rendimento por quarto, nos proveitos na hotelaria e nas receitas da conta-satélite do turismo”, sublinhou o governante à Lusa, estimando que a tendência seja para que o setor se mantenha em crescimento.

Perante aproximadamente 70 membros da Câmara de Comércio Luso-Britânica, que esta tarde se reuniram num hotel em Vilamoura, no Algarve, Adolfo Mesquita Nunes apresentou ainda a estratégia promocional em curso e o plano de combate à sazonalidade turística.

O plano de combate à sazonalidade “compreende uma mudança de políticas, no sentido em que passámos a privilegiar o contacto com as operadoras turísticas e com as companhias aéreas para termos maior retorno do que aquele que tínhamos com um plano de eventos”, esclareceu o governante.

O modelo de promoção também sofreu alterações e concentra atualmente esforços nas novas tecnologias, nas redes sociais e nos meios de comunicação, o que, ainda que possa parecer menos visível, indica o destino Portugal como a oitava marca mais valiosa do mundo na área do turismo, um sinal que “inspira a continuar”, sustentou.

Apesar de não adiantar datas, o secretário de Estado disse que o modelo institucional de promoção para 2015 está a ser preparado e deverá ser apresentado em breve.

A sazonalidade, o IVA aplicado ao setor turístico e as portagens foram alguns dos problemas colocadas ao governante durante o encontro, integrado num conjunto de eventos que a Câmara de Comércio Luso-Britânica tem vindo a realizar nos últimos anos em Lisboa, no Porto e no Algarve.

“Penso que as pessoas do setor turístico, às vezes, têm a ideia que não existe uma estratégia turística em curso e hoje o secretário de Estado demonstrou que existe e que está consciente dos problemas”, observou à Lusa o secretário-geral da Câmara de Comércio Luso-Britânica, Chris Barton.

http://www.noticiasaominuto.com

%d bloggers like this: