Programa Garantia Jovem em vigor no início de 2014 para aumentar emprego entre pessoas até aos 30 anos


pms_copy_copyO Ministro da Solidariedade, do Emprego e da Segurança Social, Pedro Mota Soares, afirmou que o programa de apoio ao emprego Garantia Jovem «entrará em funcionamento no início de 2014, sendo crucial para garantir mais oportunidades de trabalho» para as pessoas até aos 30 anos de idade. Estas declarações foram feitas em Bruxelas, no final de uma reunião com o comissário europeu do Emprego, Lázló Andor.

«Já conseguimos garantir a aplicação deste programa para jovens até aos 30 anos de idade, esta é uma novidade muito importante», sublinhou o Ministro, referindo que «neste momento, está a ser discutido se é possível conseguir financiamento acrescido por isto mesmo».

Pedro Mota Soares afirmou ainda que «os últimos dados sobre o desemprego são animadores», embora «seja preciso continuar a trabalhar muito para combater as elevadas taxas de desemprego em Portugal». «A expectativa que tínhamos em matéria de desemprego é menor do que inicialmente, mas isto não faz o Governo baixar os braços», acrescentou.

Lembrando que os anteriores programas Impulso Jovem 2012 e 2013, «foram reformulados para chegar a muito mais jovens alcançando, no total, apoios para cerca de 60 mil pessoas», o Ministro referiu também que «é fundamental, conjuntamente com os parceiros sociais, podermos executar o mais rapidamente possível o programa Garantia Jovem, de forma darmos a muitos jovens uma primeira oportunidade».

O programa Garantia Jovem é uma iniciativa cujo objectivo é assegurar que os jovens até aos 25 anos que estão desempregados há quatro meses tenham acesso a um trabalho, estágio ou programa de formação.

No Conselho Europeu de Junho, os Estados-membros decidiram antecipar para 2014 e 2015 a disponibilização de uma verba de seis mil milhões de euros destinada a este programa, inicialmente prevista para o período 2014-2020.

 

 

Fonte: Portal do Governo

 
%d bloggers like this: