Imposto – Isentar bombeiros voluntários de IRS resolve questão de 22 anos


IMG_0827

O secretário de Estado da Administração Interna disse hoje que isentar de IRS os bombeiros voluntários que durante o período de férias e descanso façam parte do dispositivo de combate a incêndios florestais resolve uma questão com 22 anos.

naom_50db21d01aedc

“Esta matéria está por resolver há 22 anos”, disse Filipe Lobo D´Avila, que hoje apresentou no parlamento a proposta de lei do Governo que isenta de IRS os bombeiros voluntários que prestem serviço durante o período de férias e descanso no combate aos incêndios florestais no verão.

Para o secretário de Estado, o diploma vai “clarificar as dúvidas que têm existido nos últimos anos”, traduzindo esta alteração ao código de IRS “uma solução de evidente injustiça” e “reconhece o papel insubstituível dos bombeiros voluntários”.

Filipe Lobo D´Ávila destacou a aprovação deste diploma em período de austeridade, clarificando que os bombeiros profissionais que fazem parte do dispositivo especial de combate a incêndios florestais já estavam a alguns anos isentos do pagamento de IRS, faltando os bombeiros voluntários.

Segundo a proposta de lei do Governo, que mereceu consenso por parte de todos os partidos com assento parlamentar, os bombeiros voluntários que prestam serviço durante o período de férias e descanso, no âmbito do dispositivo especial de combate a incêndios, vão deixar de estar sujeitos a tributação em sede de IRS.

Bombeiros voluntários assistiram à apresentação do diploma nas galerias da Assembleia da República, dando seguimento ao apelo lançado Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP).

Para LBP, trata-se de um diploma “justo” e de uma “vitória” para os bombeiros portugueses que, por isso, deve ser publicamente apoiado.

de noticiasaominuto.com

%d bloggers like this: