CDS quer “manutenção do serviço público” na RTP

raul_almeida

CDS defende que “não se faça” a privatização da RTP sem “condições para a manutenção do serviço público”.

O deputado centrista Raul Almeida considerou esta manhã que “o tempo que tem demorado este processo [de privatização da RTP] é sinal da sua complexidade e da vontade de ser bem feito e bem conduzido”. Mas o deputado disse ainda acreditar que “a conclusão deste processo se compare à conclusão das privatizações [até agora]. Ou seja, se houver condições para a manutenção do serviço público num cenário de privatização, [então] que ela se possa fazer; se não houver, que ela não se faça”.

O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, tornou pública a vontade do Governo de chegar a uma decisão final sobre o dossier até ao final do mês corrente, sendo que a imprensa deu como provável que o dossier fosse já levado à próxima reunião do Conselho de Ministros de 17 de janeiro.

As declarações de Raul Almeida foram proferidas durante a audição pela comissão parlamentar para a Ética, Cidadania e Comunicação dos peticionários da petição “Futuro da RTP face à intenção do Governo de privatizar o serviço público de rádio e televisão”.

Económico com Lusa

 

Anúncios