Embaixadas portuguesas têm plano de negócios aprovado


 
PAULO_1

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, revelou que 66 embaixadas portuguesas já viram o plano de negócios aprovado e que o mesmo vai acontecer com as restantes até ao fim do verão.
 
“Cada embaixada neste momento sabe quais são as metas, quais são as missões e tem a obrigação de comunicar quais são as oportunidades”, explicou Paulo Portas. De acordo com o titular da pasta dos Negócios Estrangeiros, 75 por cento dos postos diplomáticos, comerciais e turísticos já estão “co-localizados, o que significa que, debaixo do chapéu e da autoridade das embaixadas, já há coordenação entre os objetivos diplomáticos, comerciais e turísticos e este trabalho tem que estar completado até ao fim do ano”.
 
O responsável pela diplomacia portuguesa sublinhou que “cada embaixada deve ter um plano de negócios e (…) ser um centro de negócios que permita às empresas portuguesas ganhar quotas de mercado”. Adicionalmente, em conjunto com a Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP), vão ser enviadas para os postos diplomáticos e consulares portugueses indicações ainda esta semana para que “facilitem nas suas instalações a promoção de eventos empresariais”, desde que tenham condições para o fazer.
 
Também ainda este ano vai ser aberto um novo concurso para diplomatas, avançou o ministro, com os candidatos colocados a deverem estagiar em empresas para que “a linguagem comercial seja natural para diplomatas”.
 
%d bloggers like this: