Dia 8 de Maio – Dia Nacional e Mundial da Segurança Social


A concelhia de Vila Franca de Xira do CDS-PP acompanhada por duas IPPS do concelho de Vila Franca, que convidou para participarem neste evento, a Cercipóvoa e a Cercitejo, marcou  presença na conferência/debate organizada pelo Grupo Parlamentar realizada na Assembleia da República para assinalar o Dia Nacional e Mundial da Segurança Social.

A abertura foi feita pelo Líder Parlamentar do CDS-PP Deputado Nuno Magalhães  seguindo-se um primeiro painel subordinado ao tema – Novos Paradigmas de Resposta Social  em Portugal, que foi moderado pelo Deputado Artur Rêgo, que teve como introdutores desta temática o Padre Lino Maia, Presidente da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade; Dr.ª Rita Valadas da Acção Social da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa e o Dr. Manuel Lemos, Presidente da União das Misericórdias Portuguesas. O debate que se seguiu com a assistência versou sobre respostas e novas metodologias para a  erradicação da pobreza sendo  também  abordada a deficiência e o acompanhamento continuado da mesma. O Sr. Padre Lino Maia também referiu que o diálogo com a actual equipa ministerial tem sido fácil e de grande abertura.

O segundo painel foi moderado pelo Deputado Raul Almeida e incidiu sobre a Sociedade e o Envelhecimento Activo – Que Caminhos? Esta temática começou por ser desenvolvida pela Coordenadora para o Ano Europeu do Envelhecimento Activo e da Solidariedade entre  Gerações, que  se referiu ao trabalho desenvolvido no âmbito deste Ano Europeu bem como de iniciativas já realizadas e de outras que irão decorrer. Depois o Chefe Interino da Comissão Europeia em Portugal, Eng.º Luiz Sá Pessoa, assinalou através de gráficos indicadores o envelhecimento  na Europa, sinalizou  também a necessidade dos organismos ouvirem no terreno as pessoas e lembrou a importância da participação dos cidadãos nos inquéritos incluindo um que está em curso e a importância dos mesmos para que o conhecimento de problemas, de questões e sugestões cheguem aos intervenientes na política europeia.

 Ainda referiu que a informação recolhida ao longo dos anos, levou que a UE criasse um arco de três Anos Europeus, que começou com o da Pobreza e Exclusão Social no ano passado, ao que se seguiu o actual do Envelhecimento Activo e da Solidariedade Entre Gerações e que o próximo ano de 2013 será o Ano do Cidadão. Na continuação deste painel interveio a jornalista Dr.ª Laurinda Alves que essencialmente  referenciou casos concretos de diálogos que promoveram a solidariedade inter-geracional e a importância do voluntariado no desenvolvimento do mesmo.

O encerramento da sessão foi feito pelo Ministro da Solidariedade e da Segurança Social Dr. Luís Pedro Mota Soares, que na sua intervenção assinalou que apesar dos constrangimentos causados pelo programa de assistência tem sido possível apoiar de diversas formas as Instituições que estão no terreno a prestar um vasto leque de cuidados e assistência aos mais vulneráreis, informou ainda de alterações ao nível do fisco, como o recebimento de doações de IRS no mês de Março e referiu também o trabalho legislativo que está a decorrer de modo a fazer a diferenciação da economia social.

%d bloggers like this: