Assunção Cristas acusa anterior governo de não financiar inspecções sanitárias


Durante pelo menos três anos, foram guardadas em frigoríficos amostras animais sem as respectivas análises. Situação chegou a representar risco de saúde pública, mas não provocou quaisquer danos reais.
02-05-2012 Áudio Reportagem de João Pedro Vitória – Diário Agrário

……………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………..

A ministra da Agricultura, Assunção Cristas, acusou o anterior Governo de ter negligenciado a saúde pública ao não financiar o sistema de inspecções sanitárias. Durante cerca de três anos, foram guardadas amostras animais em frigoríficos sem as respectivas análises.
“Este ano, pedimos à União Europeia para destruir amostras recolhidas e não analisadas dos anos 2009, 2010, 2011. O Estado andava a gastar dinheiro a recolher amostras, a pagar ou a não pagar, para depois não serem analisadas porque não havia dinheiro no sistema. Nem sequer dinheiro para os reagentes havia”, criticou Assunção Cristas.Acrescentando ainda que o caso apresentava um “risco relevante para a saúde pública”, uma situação, que segundo Assunção Cristas, pode ser evitada através da taxa de segurança alimentar.
A ministra da Agricultura reitera que a grande distribuição pode pagar a tarifa. “Não acho admissível, que depois do que se passou ontem no Pingo Doce, que venham dizer que as grandes superfícies não têm espaço para acomodar uma pequeníssima taxa”.

%d bloggers like this: