Cecília Meireles “Temos um milhão de euros para promover o turismo interno em 2012”


Cecília Meireles, Secretária de Estado do Turismo, deu uma entrevista ao Diário Económico, que pela sua importância passamos a transcrever.

Promoção ‘online’ é uma das apostas estratégicas da Secretaria de Estado do Turismo.

O Governo tem um milhão de euros para convencer os portugueses a fazerem férias cá dentro. A secretária de Estado do Turismo, Cecília Meireles, revelou ao Diário Económico que, no âmbito da promoção interna, será lançado um novo portal, uma plataforma ‘mobile’ e um portal de reservas, como parte da aposta no ‘online’. Quanto aos eventos patrocinados pelo Turismo de Portugal – que este ano tem menos 62% para gastar nessa rubrica -, aos já anunciados Rally de Portugal, Volvo Ocean Race e Portugal Masters, junta-se o Extreme Sailling no Douro.

O Governo vai lançar uma campanha de promoção interna em 2012?
A promoção interna é uma prioridade. Nunca esteve em causa não avançar com promoção dirigida ao mercado nacional. O que questiono é a forma de o fazer. Isto é, se chega uma mera campanha “tradicional”, consumidora de grande parte dos recursos, ou se existe espaço para inovar, fazer diferente, fazer melhor. Face às dificuldades que o país atravessa, aos esforços que estão a ser pedidos a todos os portugueses e aos cortes orçamentais efectuados seria incoerente optar por uma nova campanha, com tudo o que, em termos orçamentais, isso significa.

Não haverá, então, uma nova campanha…
Optou-se por fazer uma adaptação da campanha “Descubra Portugal” para “Escolha Portugal”. O objectivo é incentivar os portugueses, que podem fazer férias, a fazê-lo no nosso país. Não só porque Portugal tem uma oferta de excelência, mas também porque cada português estará a substituir uma importação pela aposta num sector exportador, contribuindo para a manutenção de postos de trabalho e de empresas.

Qual o investimento previsto para essa promoção?
Para 2012, o Turismo de Portugal prevê, no âmbito do turismo interno, um conjunto de acções (muitas delas já em execução), que passam pelo apoio a algumas feiras (nomeadamente a BTL que ocorreu em Março) acções com a imprensa, reforço dos meios ‘online’ e algumas acções tácticas multi-meios. Para a implementação destas acções está previsto um orçamento de um milhão de euro.

%d bloggers like this: