Pedro Mota Soares repõe a verdade


Não podemos ficar indiferentes à mentira. O jornal i faz “notícia” que o Governo vai igualar o subsídio de maternidade ao de doença e fazer um corte de 30%. Diz mesmo que uma grávida com salário bruto de 1000€ passará a receber 800€ de subsídio de maternidade. Isto é completamente falso!
Uma mãe com salário bruto de 1000€ continua a ter direito a 100% do ordenado bruto, i.e., 1000€ de subsídio. É curioso que o i não escreva a importante alteração que fazemos no subsídio de maternidade: antigamente quando uma mãe era despedida perdia o direito ao subsídio. Com a proposta do Governo, mantém sempre o direito ao subsídio, como é de justiça social.
Estranhamos até que o jornal não nos tenha contactado antes de ter avançado com a notícia, a bem da verdade.

post de Pedro Mota Soares no facebook
%d bloggers like this: