Contratações por tempo indeterminado no Ministério da Educação


 

O Ministério da Educação deu hoje início ao processo de contratação de 632 trabalhadores para as escolas, anunciou o Secretário de Estado do Ensino e Administração Escolar, João Casanova de Almeida.

O concurso em causa destina-se a 563 assistentes operacionais e 69 técnicos.

As contratações são feitas por tempo indeterminado, sendo estes lugares atualmente ocupados por trabalhadores contratados a prazo.

“Após este concurso ficam reforçados os vínculos e a estabilidade de funcionamento dos estabelecimentos de ensino”, afirma o Ministério em comunicado.

O documento indica que será dada prioridade ao pessoal não docente com contratos a termo certo celebrados no ano escolar de 2005/06 ou seguintes.

“Os assistentes operacionais a selecionar exercerão funções de auxiliares de ação educativa, executando tarefas de apoio indispensáveis ao funcionamento das escolas”, especifica-se no texto, segundo o qual os assistentes técnicos “desempenharão as funções de assistentes de administração escolar”.

%d bloggers like this: