Confederação dos Agricultores aplaude ajudas do Governo


O presidente da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) aplaude as medidas anunciadas pelo Governo para enfrentar as consequências da seca.

João Machado considera que é o apoio “adequado ao momento dramático” que o sector atravessa, devido à Inverno sem chuva.

A Confederação dos Agricultores de Portugal apela, no entanto, a uma rápida intervenção do Governo para sensibilizar a banca a disponibilizar as verbas necessárias

“As linhas de crédito só têm significado se a banca emprestar o dinheiro, porque o Governo só bonifica o juro. O Governo tem que acompanhar de perto estas linhas de crédito para verificar se elas chegam aos agricultores”, diz João Machado.

A ministra Assunção Cristas anunciou, na quinta-feira (15.03.12),  a aprovação de uma linha de crédito para apoio à produção animal no montante de 50 milhões de euros.

No conselho de ministros foi ainda aprovado um conjunto de ajudas directas à agricultura, entre as quais a isenção da taxa de recursos hídricos e a aceleração do reembolso do IVA.

RR

%d bloggers like this: