AS PRIMEIRAS VERBAS DO PRODER SERÃO PAGAS A PARTIR DE DIA 27»


A Ministra da Agricultura, Assunção Cristas, afirmou que «Janeiro foi dedicado à reprogramação do Programa de Desenvolvimento Rural; na segunda-feira faremos os primeiros pagamentos deste ano, no valor de 52 milhões de euros», acrescentando que «a 31 de dezembro foi concluído o pagamento de 150 milhões de euros relativos a 2011». A Ministra referiu também que «durante 36 meses, os pagamentos deste programa estiveram atrasados e, pela primeira vez, houve uma execução completa».

A Ministra da Agricultura, do Mar, Ambiente e Ordenamento do Território esteve na audição na Comissão parlamentar de Agricultura e Mar, onde afirmou que está a tentar obter o acordo do Ministério das Finanças para uma «flexibilização dos duodécimos» para, a partir de agora, passar a fazer pagamentos mensais. Assunção Cristas afirmou que «os pagamentos que serão feitos correspondem a praticamente ao total dos montantes que estão neste momento a pagamento».

A Ministra da Agricultura afirmou ser  objetivo do Governo com o «Proder alavancar investimentos como alguns dos que estão relacionados com a barragem do Alqueva», acrescentando ainda que  em março será aberto novo concurso no âmbito do Proder com valor de 50 milhões de euros.

Relativamente ao Alqueva a Ministra afirmou que espera que o projeto seja concluído «tão cedo quanto possível e na medida das possibilidades de financiamento do Estado português», sendo o mais importante neste momento «levar o regadio aos 30 mil hectares do projeto que estão infraestruturados mas sem produção por não serem regados, do que alargar mais a infraestrutura». Assunção Cristas referiu igualmente que a passagem do financiamento do Alqueva para o QREN será uma forma de diversificar as fontes de financiamento.

A Ministra afirmou ainda que a proposta para a criação de um banco de terras deverá chegar ao Parlamento dentro de um mês.

%d bloggers like this: