Viticultura com seguros financiados pela UE

Seguros de colheitas financiados pela UE
Os viticultores portugueses vão poder contratar, já nesta campanha de 2012, seguros de colheita financiados integralmente pela União Europeia. O anúncio foi feito pelo Ministério da Agricultura, no final da última semana, ao mesmo tempo que revelou que já tem pronta uma portaria que estabelece as condições de aplicação da medida.
De acordo com o Ministério de Assunção Cristas, estamos perante uma alternativa ao sistema integrado de proteção contra as aleatoriedades climáticas (SIPAC) e que terá a dotação de 10 milhões de euros.
Um mecanismo que também vai permitir ao Ministério da Agricultura uma poupança de igual valor, uma vez que tem estado em “crescimento a dívida dos seguros de colheita às seguradoras”, revelou o MAMAOT. Uma dívida que, em 2011, ascendeu a “mais de 60 milhões de euros”.

Anúncios