Pedro Mota Soares desmente notícia do CM sobre compra de viatura


 

Publica-se o desmentido referente a uma notícia no jornal Correio da Manhã no passado dia 28 de Novembro, sobre a compra de um automóvel pelo Ministro da Segurança Social  Pedro Mota Soares.

Por essa notícia não corresponder de todo à verdade foi prontamente desmentida pelo próprio – por acaso trata-se do carro do Ex-Secretário de Estado Carlos Zorrinho.
Ministério desmente compra de carro de 86 mil euros

O Ministério da Solidariedade e Segurança Social (MSSS) vem, ao abrigo do art.
24 da Lei de Imprensa solicitar a publicação do seguinte direito de resposta:

O Ministério da Solidariedade e Segurança Social, desmente categoricamente
a manchete e a notícia do Jornal Correio da Manhã, publicada na sua edição
desta segunda-feira, 28 de Novembro de 2011, “ Ministro compra carro de 86
mil euros”.
Em bom nome da verdade importa esclarecer o seguinte:

1 – Ao contrário do que quer fazer crer o jornal Correio da Manhã, o Ministro
da Solidariedade não escolheu qualquer viatura, e é completamente falso que
tenha sido o próprio Ministro que tenha “levantado” o carro no stand;

2 – Pouco depois da tomada de posse o Ministro deixou de ter viatura oficial,
em virtude da anterior ter terminado o seu Aluguer Operacional de Veiculo
(AOV). O MSSS solicitou por isso à Agência Nacional de Compras Públicas
(ANCP), uma viatura, tendo sido indicado que a única disponível de imediato
era a viatura referida na notícia, uma vez que, já tinha o necessário concurso
de aluguer, lançado e concluído por ter sido efectuado pelo Governo Anterior,
sendo na altura, destinada ao então Secretário de Estado da Energia;

3 – O próprio Jornal Correio da Manhã, escreveu na sua edição do dia 10 de
Agosto de 2011: “Ministro da Economia herda frota de Luxo” e acrescentava
“que, dado os termos do acordo, o actual Executivo nada pode fazer a não ser
pagar” referindo-se precisamente ao contrato do carro encomendado pelo
Secretário de Estado da Energia do anterior governo;

4 – O Ministério da Solidariedade e Segurança Social, não compra carros, todo

o processo de aluguer de viaturas do Estado, é gerido única e exclusivamente
pela ANCP. O Ministério paga um aluguer, pelas viaturas, ao seu serviço;
1

5 – O valor pago neste momento pelo MSSS, referente a este AOV é
exactamente o mesmo que era pago pelo carro oficial da Ministra do Trabalho
e Segurança Social;

6 – O MSSS introduziu uma grande poupança na gestão da frota automóvel ao
efectuar o abate de três viaturas, afectas ao seu parque, quando solicitou
nova viatura oficial e ao reduzir quase para metade o número de viaturas ao
seu serviço. Neste momento estão ao serviço do MSSS 11 veículos, quando no
anterior Governo estavam 20 veículos;

7– O MSSS efectuou cortes de 30% nos consumos intermédios da segurança
social, tendo ainda decidido por despacho do Ministro que todas as viaturas
em utilização por parte dos serviços integrados e entidades sob tutela deste
Ministério destinam-se em exclusivo à satisfação das necessidades dos
serviços respectivos, não podendo ser-lhes dado outro uso;

8- Prestámos ontem este esclarecimento ao CM, que mesmo assim preferiu
insistir em avançar com uma notícia que pode induzir em erro os seus
leitores.

Lisboa, 28 de Novembro de 2011
A Assessoria de Imprensa do Ministério da Solidariedade e Segurança Social

 

%d bloggers like this: