Construção de acessos à Plataforma Logística da Castanheira do Ribatejo põe a segurança das pessoas em risco na Vala do Carregado


Por solicitação de moradores da Vala do Carregado na freguesia da Castanheira do Ribatejo, a Comissão Política Concelhia do CDS-PP de Vila Franca de Xira deslocou-se à zona do Bairro da Antral-Cipan para observar no terreno a obra de construção da rede viária destinada a servir a Plataforma Logística Lisboa Norte.

A visita começou na zona de construção com explicações dadas pelos moradores. Depois numa reunião de rua ouvimos as preocupações motivadas por tal obra e das quais avultaram problemas de mobilidade e de segurança.

No decorrer da obra em curso os moradores aperceberam-se que o caminho pedonal de acesso à sede da freguesia lhes vai ser barrado, tal a acontecer com é óbvio será um transtorno enorme para os habitantes daquele povoado, que ainda por cima vivem dias angustiantes devido ao enorme aumento das cotas dos terrenos, produzidas por muitas toneladas de inertes destinadas à construção da nova rede viária. É bom lembrar que o povoado está situado junto do rio Grande da Pipa e tem do lado Este o rio Tejo, numa zona de cheia, que terá um agravamento maior numa combinação de pluviosidade mais acentuada com maré cheia e sem o caminho pedonal, não têm escapatória possível como tem sido até agora.

Do que nos foi dado a apreciar e nesta fase da obra é relativamente fácil manter a passagem pedonal até então existente, através de uma obra de engenharia por túnel ou outra que estudos considerarem. No entanto e independentemente desta solicitação da população quanto ao caminho pedonal, que permita a continuação da sua mobilidade no acesso à zona sede da freguesia, retivemos que estão em risco a segurança de pessoas e bens neste local se não forem acautelados pressupostos hidráulicos que defendam este povoado de um risco maior das cheias.

Anúncios
%d bloggers like this: